Imagem capa - Arquitetura Biofílica e neuroarquitetura por Karina Pontes Arquitetura

Arquitetura Biofílica e neuroarquitetura



Você já ouviu falar sobre projeto arquitetônico que busca conectar a arquitetura com todas as formas de vida, valorizando o ecossistema? Pois bem, essa é arquitetura Biofílica, que vem da biofilia, um termo grego cujo significado é “amor as coisas vivas”.

.








A arquitetura biofílica tem como objetivo conectar o ser humano com a natureza a fim de promover o bem-estar, saúde e conforto emocional , incorporando  características da natureza como:  madeira, luz natural, vegetação, pedras, água e formas orgânicas no ambiente construído.

Nos dias atuais uma das maiores preocupações é o bem-estar mental. Aprendemos a cuidar da nossa saúde física, porém ainda sofremos para lidar com o estresse mental.

O que poucos sabem é que um ambiente construído pode influenciar e muito, em nossos sentimentos, comportamentos e ainda revigorar nossas energias, apenas pela forma com que foi projetado arquitetonicamente, isso é neuroarquitetura.

Juntando a arquitetura biofílica e neuroarquitetura, projetamos construções que cumprem funções de descanso, regeneração e qualidade de vida, simplesmente respeitando os estímulos cerebrais humano.









Imagine se em um momento completamente relaxante, provavelmente pensou em um local próximo a natureza como a praia e a montanha, né? Porém boa parte da população, passa seus dias em prédios, escritórios, cidades cinzas, movendo-se em carros, ônibus...

Segundo pesquisas, uma pessoa que passa em média 8 horas em um espaço fechado pode ter seu metabolismo reduzido, aumento de risco de diabetes, doenças cardíacas, depressão, além de dores nas costas e pescoço, enquanto locais integrados à natureza tem registro de aumento de produtividade e criatividade.


Na prática, podemos incorporar a madeira para trazer a sensação de aconchego e relaxamento, além do conforto térmico. Os usos de vãos envidraçados proporcionam ao usuário do espaço uma qualidade melhor de iluminação natural e ventilação (porém, cuidado o excesso de luz que pode ser desconfortável).

O uso do telhado verde serve como filtro térmico da construção, mantendo os ambientes internos sempre agradáveis, além de trazer a sensação da natureza acoplada à construção.










Os espelhos d’agua, fontes, piscinas, aquários proporcionam sensação de relaxamento e tranquilidade ao usuário, além de trazer benefícios à saúde como diminuição da pressão arterial e redução do estresse.

Priorizar vistas e acessos para montanhas, mar, rios, árvores, jardins, floreiras, jardins verticais são outras formas muito importantes de promover a reintegração do homem com à natureza como seu habitat natural.